Colunista

Correr e fotografar como fonte de motivação

05/11/2016

Correr, por si só, já é uma atividade que gera bastante motivação. Descobri na corrida um hobby que mudou minha vida e a forma como encaro as dificuldades do dia a dia.

Mas nem todos os dias estamos dispostos pra correr. Então o que fazer?

Quando comecei a correr, às vezes compartilhava nas redes sociais meus treinos e resultados nas provas. Vi que isso motivava muitas pessoas pelo Brasil afora e que o feedback delas retornava como motivação pra mim.

Com o tempo, percebi que muitas pessoas que só precisavam de um "empurrãozinho" pra correr encontravam, nessas imagens, o que precisavam para sair da zona de conforto. É difícil pra todo mundo dar o pontapé inicial, mas quando vemos alguém que está se esforçando muito, emagrecendo e evoluindo, sem desculpas e com uma rotina "normal", isso motiva demais!

E essa motivação é uma via de mão dupla. Se eu, de certa forma, incentivo as pessoas com meus registros/experiências das corridas (sejam provas ou treinos), fico ainda mais motivado a cada retorno que recebo de alguém que começou uma atividade física, mudou o estilo de vida ou até teve o estímulo que precisava pra ir treinar naquele dia mais preguiçoso.

Hoje, faço questão de registrar e compartilhar regularmente meus treinos, provas e alimentação pra mostras às pessoas que não existe desculpa quando realmente queremos. Por isso, tento sempre fazer registro bacanas, em perspectivas pouco observadas e que despertem aquela vontade de sair da zona de conforto.

É difícil pra todos, assim como é possível pra todos. Só depende da gente!


André Burgos
about.me/andrecburgos

<